...

Começa a construção da maior usina solar flutuante offshore do mundo

por Blog do Canal

Projetos solares flutuantes offshore podem ajudar a superar as limitações da terra e, ao mesmo tempo, aproveitar ao máximo a luz solar em regiões ricas em sol.

O trabalho para a usina solar flutuante offshore (OFS) de cinco megawatts (MW), a maior do mundo até agora, já começou e incluirá projeto, construção e demonstração da instalação usando uma solução modular, disse um comunicado de imprensa. A Solar Duck, uma empresa sediada na Holanda, fornece a tecnologia da planta.

Com os países a procurarem eliminar gradualmente os combustíveis fósseis, as soluções de energia solar e eólica estão a ser rapidamente instaladas. Embora a redução dos custos de energia destas tecnologias seja um sinal bem-vindo, as suas taxas de conversão de energia mais baixas são problemáticas. Tanto as usinas de energia eólica quanto a solar precisam de grandes extensões de terra para aproveitar grandes quantidades de energia e efetuar uma transição.

A massa de terra do planeta é limitada e já é utilizada para diversos fins, desde habitação e agricultura até à instalação de indústrias. Percebendo isto, os parques eólicos já fizeram a transição para plataformas offshore, onde podem construir turbinas maiores e aproveitar ventos de maior velocidade para gerar maiores quantidades de energia limpa.

Fazendas solares offshore

Tal como a terra, as massas de água interiores também estão lotadas e limitadas. Cobrir canais com painéis solares pode ser uma boa ideia em regiões com escassez de água. Mas todos os rios e lagos do mundo ocupam apenas 0,2% do planeta. Além disso, os rios já são utilizados para transporte terrestre e a instalação de painéis solares pode interferir nos sistemas existentes.

Em contraste, 71% da superfície do planeta está coberta por água, o que representa uma oportunidade para construir um aparelho de recolha de energia utilizando luz solar abundante. A SolarDuck, com sede na Holanda, está interessada em instalar parques solares offshore em áreas que chama de Cinturão do Sol.

Estas áreas do mundo, como as Caraíbas, o Japão, a Coreia do Sul e até mesmo Omã, são ricas em sol, mas escassas em termos de vento. Com uma extensão territorial limitada, as extensas infra-estruturas energéticas tornam-se demasiado caras nestas áreas. Ainda assim, as águas próximas são ideais para energia solar offshore.

Isto pode ajudar os países a reduzir a sua dependência do gasóleo ou do gás natural e a reduzir as emissões de carbono.

Juntamente com as turbinas eólicas, os painéis solares flutuantes instalados no mar podem ajudar a aumentar a produção de energia renovável.
SolarDuck

A maior usina solar flutuante do mundo

A SolarDuck iniciou o projeto de 8,4 milhões de euros para construir o maior projeto solar flutuante offshore (OFS) do mundo. O projeto será integrado, certificado e localizado no projeto do parque eólico OranjeWind, na costa oeste da Holanda.

Antes do início da construção da instalação, um consórcio chamado Nautical SUNRISE conduzirá uma extensa pesquisa sobre vários componentes do projeto. Isso inclui garantir a confiabilidade, a capacidade de sobrevivência, a estabilidade elétrica e o rendimento do projeto flutuante offshore. Dependendo das conclusões do consórcio, será elaborado um plano detalhado de expansão para enfrentar os desafios enfrentados e facilitar a comercialização do projeto.

Mais importante ainda, o consórcio também realizará uma avaliação de sustentabilidade do projeto e considerará fatores como o impacto ambiental, o ciclo de vida completo e a circularidade dos sistemas OFS. Isto não se limitará ao projecto de demonstração, mas incluirá também projectos à escala de gigawatts que poderão ser realizados no futuro.

Don Hoogendoorn, CTO da SolarDuck, disse em um comunicado à imprensa que o projeto permite à empresa “ultrapassar os limites ambientais do projeto e, ao mesmo tempo, obter uma compreensão profunda da ecologia e da confiabilidade do projeto”.

Fonte: Interesting Engineering.

Você pode se interessar por

Deixe uma resposta

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00