...

Suíça terá o primeiro Aeroporto do mundo construído em madeira

por Taina Bueno

O aeroporto de Zurique, um dos principais da Suíça, conecta o país com o mundo há quase 75 anos.

Como os requisitos para as operações de voo mudam constantemente e os edifícios dos aeroportos chegam ao fim de suas vidas úteis, eles também precisam ser continuamente reformados, ampliados ou substituídos.

Após mais de 35 anos em operação, o Dock A, um dos terminais do aeroporto, chegou ao fim de seu ciclo de vida e precisa ser substituído.

Para isso, vários projetos foram recebidos e analisados, e o vencedor foi o projeto “Raumfachwerk”, que apresenta a madeira como peça principal da construção.

Para a seleção dos projetos, um júri de onze membros de várias áreas, presidido pelo arquiteto Harry Gugger, ficou mais impressionado com o projeto “Raumfachwerk” – um dos dez projetos apresentados.

A estrutura apresentada faz parte de uma colaboração entre o famoso estúdio Bjarke Ingels Group e HOK.

Como será a estrutura?

O nome do projeto, Raumfachwerk, se traduz do alemão para algo como “estrutura espacial”.

No projeto, é previsto um novo terminal feito quase inteiramente de madeira e que será o maior de seu tipo.

Grandes colunas de madeira em forma de V atuam como o principal sistema de suporte de carga para o projeto, que é amplamente inspirado na paisagem alpina da área e nos tradicionais telhados inclinados de madeira na arquitetura da Suíça.

Interior do aeroporto. Imagem de: BIG estúdio.

A madeira será usada para a estrutura, pisos e tetos do novo cais. Paredes de vidro ao longo de ambos os lados do píer proporcionarão vistas amplas para os viajantes.

Painéis fotovoltaicos cobrirão o telhado e o sombreamento integrado reduzirá o ganho de calor solar no interior do edifício.

Como recurso local renovável, o uso da madeira é uma homenagem ao passado, enquanto os aviões em ascensão marcam distintamente o futuro.

Detalhe estrutural em madeira: colunas em V. Imagem de: BIG estúdio.

O novo Dock A será dividido em duas áreas principais: um hub central de sete andares cheio de lojas e restaurantes que cercam um amplo átrio cheio de luz e um píer onde os viajantes encontrarão áreas de espera e portões.

Espera-se que o hub central veja muito movimento, com todos os passageiros que partem, chegam e transferem se encontrando e passando por escadas, escadas rolantes e elevadores.

A construção está prevista para terminar em 2032, e um custo de 700 milhões de francos suíços (quase 4 bilhões de reais).

Aeroporto vista externa. Imagem de: BIG estúdio.

Fonte: ASCE.

Você pode se interessar por

Deixe uma resposta

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00