...

Relembre: 5 pontes na história que colapsaram

por Taina Bueno

Das grandes estruturas de engenharia, as pontes certamente estão entre as mais emblemáticas, não só por serem imponentes estruturalmente, mas também porque falhas nessas estruturas geralmente são bastante catastróficas.

Na sexta-feira, dia 28 de janeiro deste ano, uma ponte na cidade de Pittsburgh (Estados Unidos) desabou justamente momentos antes da visita programada do presidente norte-americano Biden – e a visita, coincidentemente, era para falar sobre infraestrutura.

A queda da ponte de aço com 52 anos de idade deixou 10 pessoas com ferimentos, além de muitas perguntas ainda sem respostas.

No entanto, infelizmente, esse está longe de ser o único caso de uma ponte desse porte a simplesmente desabar. Muitas outras falharam inesperadamente devido a deficiências estruturais, condições climáticas, colisões ou até mesmo por excesso de peso.

Relembre 5 dos desastres envolvendo colapso de pontes no mundo e suas diferentes causas:

Excesso de peso – Ponte das Barcas (Portugal, 1809)

O colapso de ponte mais mortal da história ocorreu durante a Guerra Peninsular, quando as forças de Napoleão atacaram a cidade portuguesa do Porto.

Enquanto a Primeira Batalha do Porto se desenrolava em 29 de março de 1809, milhares de civis tentavam fugir de uma carga de baionetas do exército imperial francês atravessando a Ponte das Barcas, uma ponte flutuante construída em 1806 ligando cerca de 20 barcos com cabos de aço.

A ponte sobrecarregada desabou sob o peso da multidão, e cerca de 4.000 civis portugueses e legionários franceses se afogaram no rio Douro.

File:Ponte das Barcas, desenho do Barão de Forrester.jpeg
Desenho da Ponte das Barcas pelo Barão Forrester. Fonte: Joseph James Forrester, Public domain, via Wikimedia Commons.

Colisão de um navio – Ponte Sunshine Skyway (Estados Unidos, Flórida, 1980)

No dia 9 de maio de 1980, uma tempestade repentina envolveu a ponte Sunshine Skyway, que atravessa a foz da Baía de Tampa, ao sul de São Petersburgo, na Flórida.

Com o radar desativado, um cargueiro de quase 20 toneladas colidiu com duas das colunas de suporte da ponte enquanto lutava para navegar pelo canal da baía através de neblina, chuva torrencial e ventos com força de furacão.

Com a colisão, uma seção de 365 metros de comprimento caiu na água junto com seis carros, uma caminhonete e um ônibus. O acidente matou 35 pessoas.

Richard Hornbuckle's car rests where it skidded to a stop just14 inches from the edge of the Sunshine Skyway Bridge, which was struck by the freighter Summit Venture on May 9, 1980. The freighter rammed the southbound span of the bridge, collapsing a 1,200 foot length of the bridge and sending several cars and a Greyhound bus into the water. Thirty-five people died.
O cargueiro e a parte da ponte destruída. Fonte: Foto de Bell Dick para o Times (1980).

Falha estrutural devido à má soldagem – Ponte Seongsu (Coréia do Sul, Seul, 1994)

Na manhã do dia 21 de outubro de 1994, a ponte Seongsu , que ligava Seongsu-dong e Apgujeong-dong de Gangnam-gu, em Seul, na Coréia do Sul, desabou (imagem de capa).

Uma laje de 48 metros entre o quinto e o sexto suporte da ponte desabou e 32 pessoas morreram, além de 17 outras que ficaram feridas.

A investigação sobre a queda das lajes de concreto descobriu que houve uma falha da estrutura de suspensão, causada pela soldagem inadequada das treliças de aço da estrutura de suspensão sob a laje de concreto da pista.

Anos mais tarde, a ponte deveria ter sido reparada, mas devido a uma fraqueza na estrutura, ela teve que ser completamente redesenhada e reconstruída. O novo design foi concluído em 15 de agosto de 1997 e é semelhante ao design original.

Parte da laje colapsada. Fonte: 최광모, CC BY-SA 4.0 https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0, via Wikimedia Commons.

Falha estrutural e excesso de peso – Ponte I-35W do rio Mississippi (Estados Unidos, Minnesota, 2007)

Na noite de 1º de agosto de 2007, o vão central de uma ponte em arco de treliça de aço de oito pistas – que era parte da autoestrada Interstate 35W sobre o rio Mississippi em Minneapolis, Minnesota – desmoronou de repente.

As seções adjacentes então, também desmoronaram. Passageiros em 111 veículos e 18 trabalhadores da construção civil caíram de uma altura de até 35 metros no rio e suas margens. O acidente matou 13 pessoas e resultou em 145 feridos.

De acordo com uma investigação do National Transportation Safety Board, as placas de reforço de metal da ponte eram muito finas para suportar o peso do vão, juntamente com o tráfego da hora do rush e os equipamentos de construção no convés no momento do acidente.

File:I-35W bridge collapse TLR1.jpg
Desabamento da ponte I-35W. Fonte: Tomruen, Public domain, via Wikimedia Commons.

Ventos fortes e ressonância – Ponte Tacoma Narrows (Estados Unidos, Washington, 1940)

O colapso da ponte pênsil sob o estreito de Tacoma é certamente o mais famoso. A ponte foi inaugurada ao trafego em 1º de julho de 1940, porém, poucos meses após sua inauguração, veio o colapso, em 7 de novembro daquele mesmo ano.

Na época, ela era a terceira ponte suspensa mais longa do mundo, com quase 2 quilômetros.

Os engenheiros da época acreditavam que o projeto, embora excedesse as proporções de comprimento, profundidade e largura que anteriormente eram padrão, era completamente seguro.

Contudo, após o colapso, foi revelado que o projeto não havia considerado adequadamente as forças aerodinâmicas que estavam em jogo no local durante um período de ventos fortes. No momento da construção, tais forças não eram comumente levadas em consideração por engenheiros e projetistas.

Em 7 de novembro, ventos fortes atingiram a área e a ponte estava sendo jogada para frente e para trás descontroladamente. Mesmo que as torres da ponte fossem feitas de aço carbono estrutural forte, a ponte não foi páreo para o movimento violento e desabou.

Investigações e testes subsequentes revelaram que a ponte era vulnerável a vibrações geradas pelo vento. Quando a ponte sofria ventos fortes de uma certa direção, as oscilações de frequência acumulavam-se de tal forma que o colapso era inevitável.

Veja abaixo o momento exato do colapso da ponte Tacoma Narrows.

Fonte do vídeo: Barney Elliot/7 November 1940.

Fontes e referências:

7 of History’s Most Devastating Bridge Collapses. History. Junho, 2021.

Tacoma Narrows Bridge colapses. History. Novembro, 2021.

10 Things you did not know about the Tacoma Narrows Bridge. Re-thinking the future.

A Cautionary Tale – The Tacoma Narrows Bridge Collapse. Interesting Engineering. Novembro, 2020.

Bridge in Pittsburgh collapses hours before scheduled Biden visit to talk infrastructure. CNN. 28 de janeiro, 2022.

Você pode se interessar por

Deixe uma resposta

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00