...

Pesquisa da Irlanda desenvolve novo sensor que fornece alerta antecipado de danos em pontes

por Taina Bueno

A erosão dos leitos e margens dos rios pode causar grandes problemas de falha estrutural em pontes.

Por isso, a Dra. Myra Lydon, da Queen’s University Belfast, na Irlanda do Norte, vem trabalhando em um sensor desde o ano passado para resolver o problema.

Um protótipo inicial do aparelho foi desenvolvido em parceria com a Somni Solutions Ltd e os testes já foram concluídos.

A Dra. Lydon espera que ele esteja instalado em uma ponte da Irlanda do Norte ainda neste ano e, após mais pesquisas, haja uma implantação mais ampla do sensor.

O projeto foi financiado pelo Impact Acceleration Accounts (IAA) do Reino Unido de Pesquisa e Inovação e a Invest NI forneceu financiamento adicional para exploração de mercado.

A Dra. Lydon explicou o significado do novo sensor na ‘Pesquisa com Impacto’ da Queen’s University Belfast, que aconteceu no Sonic Arts Research Centre.

Ela comentou que: “No Reino Unido, uma média de 8,2 milhões de viagens de passageiros são perdidas anualmente devido ao risco de erosão da ponte, com um custo econômico associado de £ 60 milhões (quase 400 milhões de reais).

O viaduto ferroviário Broadmeadow, na Irlanda, que teve parte colapsada em 2009 devido à erosão das fundações. Imagem de: News Civil Engineer.

Como funciona

A pesquisadora explica que: “É vital que protejamos nossas pontes e possamos detectar a erosão antes que incidentes como esse ocorram. O sensor que desenvolvemos detecta mudanças no leito do rio antes dos danos ocorridos na ponte. Isso pode fornecer um alerta precoce, o que sem dúvida é mais seguro e ajuda a evitar falhas generalizadas de pontes quando nos deparamos com eventos climáticos extremos, como inundações”.

Os testes iniciais de laboratório e de campo foram concluídos e o Dr. Lydon está agora trabalhando com Kris Campbell Head da Unidade de Estruturas de Rodovias no Departamento de Infraestrutura da Irlanda do Norte para identificar um local de teste de ponte adequado. O sensor será instalado juntamente com outros equipamentos de monitoramento da saúde estrutural para garantir a segurança das pontes envelhecidas.

Fontes: News Civil Engineer e Queen’s University Belfast.

Você pode se interessar por

Deixe uma resposta

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00