...

Novo arranha-céu atinge o topo de 423 metros em Nova York

por Blog do Canal

A última viga de aço do 270 Park Avenue foi colocada no lugar, marcando o topo do arranha-céu de 423 metros do JPMorgan Chase em Manhattan, projetado pelo arquiteto britânico Foster + Partners.

Quando concluído, em 2025, o arranha-céus de 60 andares funcionará como sede global do banco e terá capacidade para acomodar 14 mil funcionários.

A torre substitui o Union Carbide Building, um edifício de 52 andares e 215 metros de altura concluído em 1960.

O empreendimento utiliza uma estrutura em leque e contraventamento triangular que o eleva 24m do solo e cria mais espaço público.

O arranha-céu terá emissões operacionais líquidas zero e será totalmente alimentado por energia proveniente de uma usina hidrelétrica do estado de Nova York.

Norman Foster disse: “Em 1811, quando este local era uma zona rural, os comissários da cidade criaram um plano diretor para Nova York. Foi ousado, inovador e refletiu um otimismo para o futuro. Hoje, mais de 200 anos depois, o mesmo se aplica ao número 270 da Park Avenue.

“O edifício é um grande investimento na cidade, no banco e no bem-estar das 14 mil pessoas que o ocuparão. Faz mais com menos – mais espaço público, ar fresco, luz e vistas – e menos carbono através de energia verde.”

Renderizações do projeto concluído. Imagem de: Foster + Partners.

Jamie Dimon, presidente do JPMorgan Chase, disse: “O JPMorgan Chase tem orgulho de ter chamado a cidade de Nova York de casa por mais de 200 anos e este edifício é um símbolo do nosso investimento de longo prazo que impactará as futuras gerações de nova-iorquinos”.

O empreendimento utiliza uma estrutura em leque e contraventamento triangular que o eleva 24m do solo e cria mais espaço público.

Fonte: Global Construction Review.

Você pode se interessar por

Deixe uma resposta

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00