Maior parque eólico offshore do mundo começa a gerar energia

por Canal da Engenharia
1.345 views

Funcionários da empresa de energia dinamarquesa Ørsted anunciaram que alcançaram a primeira potência no projeto Hornsea 2 – um novo parque eólico na costa da Inglaterra, no Mar do Norte.

Como parte do anúncio, postado na página da empresa na web, os funcionários observaram que, uma vez que o parque eólico esteja totalmente operacional, ele representará o maior parque eólico do mundo.

Hornsea 2, como o próprio nome indica, é o segundo segmento de um projeto de quatro segmentos. Hornsea 1 entrou em operação no ano passado e é atualmente o maior parque eólico offshore – com suas 174 turbinas, o parque tem capacidade de 1,2 GW – o suficiente para abastecer mais de um milhão de residências no Reino Unido.

O parque Hornsea 2 foi aprovado para construção em 2016 – contará com 165 turbinas de 8 MW feitas pela Siemens, o que lhe dará uma capacidade de 1,32 GW. A subestação offshore e as estações reativas foram instaladas e testadas enquanto a construção das turbinas continua.

O projeto envolve a instalação de cabos sob 390 quilômetros de água oceânica e, em seguida, 40 quilômetros de terra antes de chegar à subestação. O Hornsea 2 também quebrará outro recorde – estará localizado mais longe da costa do que qualquer outro parque eólico de grande escala.

A data de conclusão total das turbinas é para meados deste ano, e a previsão é que, uma vez que Hornsea 1 e 2 estejam totalmente operacionais, eles estarão gerando eletricidade suficiente para abastecer aproximadamente 2,3 milhões de residências.

Os planos também já estão em andamento para a construção de Hornsea 3 e 4 – uma vez que todos os quatro estejam prontos e totalmente operacionais, a totalidade do projeto irá percorrer um longo caminho para ajudar o governo do Reino Unido a atingir sua meta de emissões zero de carbono até 2050.

Fonte:

First power achieved on world’s largest offshore windfarm. Techxplore. 27 de dezembro, 2021.

Você pode se interessar por

Deixe uma resposta