Edifício mais alto do Japão tem sua estrutura concluída

por Canal da Engenharia
1.012 views

Localizada no distrito de Toronamon-Azabudai, no centro de Tóquio, a torre de uso misto – o primeiro de um complexo de três arranha-céus – atingiu sua altura máxima.

Com 330 metros de altura, A District leva o título de edifício mais alto do Japão de Abeno Harukas, um edifício de 300 metros de altura em Osaka que também foi projetado por Pelli Clarke & Partners e concluído em 2014.

Espera-se que o edifício seja totalmente concluído em 2023 e abrigará escritórios de grande escala, residências de luxo, centros médicos e de pesquisa, bem como escolas e instalações de varejo.

Os escritórios ocuparão 204.000 metros quadrados em 45 andares e terão um interior em grande parte sem colunas.

Os 11 andares superiores da torre abrigarão 91 casas de luxo desenvolvidas pelo hoteleiro de luxo Aman e contarão com interiores criados pelo designer de interiores Yabu Pushelberg.

O estudo explicou que a estrutura empregará sistemas de resistência a terremotos, incluindo geradores de emergência e sistemas de elevadores de emergência para garantir a segurança em caso de impacto.

Centros de educação, como The British School em Tóquio, também serão alojados dentro da torre. Ele terá um campus de oito andares que receberá 700 estudantes internacionais.

O quinto e sexto andares da torre de 64 andares serão dedicados ao Centro Universitário de Medicina Preventiva de Keio, um centro de tratamento médico e pesquisa.

Image of A District under construction
A District com sua altura finalizada. Fonte: Dezeen.

Fonte da notícia: Dezeen.

Você pode se interessar por

Deixe uma resposta